Qual o melhor horário para fazer viagens curtas entre duas cidades?

Imagine que você precisa fazer um trajetos de curta duração (até 2 ou 3 horas) no meio de uma viagem maior.

Por exemplo, você está viajando pela Alemanha e, após conhecer Munique, precisa se deslocar para Berlim, onde pretende conhecer algumas de suas incríveis atrações. Ou, você está viajando pela Espanha, e, após conhecer Madri, deverá seguir para Barcelona e aproveitar as praias do Mediterrâneo.

A dúvida é: Qual o melhor horário para fazer viagens curtas entre duas cidades que você pretende conhecer?

O meio de transporte (avião, carro alugado, trem ou ônibus) não importa. O que importa é que a viagem é curta, com duração de até 3 horas.

Minha Resposta:

Para aproveitar melhor o dia, você deve fazer viagens entre as cidades no período da manhã.

Se viajar à tarde ou à noite, tende a não aproveitar bem o seu dia, nem na cidade de partida, nem no destino. Até mesmo porque o check-out nos hotéis é feito até as 12hs.

Uma opção é fazer o check-out cedo, deixar as bagagens no hotel e passear pela cidade, o que acaba sendo um pouco cansativo e você fica sem “abrigo” durante o dia. De qualquer forma, você sempre ficará com a preocupação de não se atrasar. Outra opção é fazer o check-out mais tarde, mas acabar não aproveitando bem o seu dia.

Se, entretanto, você viajar em torno das 9 ou 10 horas da manhã, não precisará acordar tão cedo, poderá tomar o café tranquilamente e se dirigir à estação de trem, ônibus ou aeroporto.

Ao chegar ao local de destino já estará próximo ao horário de check-in no hotel. Desta forma, você se instala no hotel e pode aproveitar tranquilamente o resto do dia (tarde e noite) na nova localidade.

Na minha opinião, portanto, o horário das 9 ou 10 da manhã é o melhor para fazer viagens curtas entre duas cidades.

Emerson Cesar

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Press ESC to close