Aerolíneas Argentinas


A Aerolíneas Argentinas é a principal companhia aérea da Argentina. Privatizada no início da década de 90, a empresa passou por uma grave crise e foi reestatizada em 2008, no Governo Kirchner.

O grupo Aerolíneas Argentinas compreende, ainda, as empresas Austral Líneas Aéreas (aviação regional), a Aerolíneas Argentinas Cargo, a JetPaq, a AeroHandling (de serviços aeroportuários) e a empresa Optar (de serviços turísticos).

Seus principais Hubs estão localizados em Buenos Aires, nos Aeroportos de Ezeiza (principal hub para destinos internacionais e segundo para destinos domésticos) e no Aeroparque (principal hub doméstico). Um outro hub importante da companhia está localizado na cidade de Córdoba, para onde há voos para Salta, Puerto Iguazú, Buenos Aires, Bariloche, St. Miguel de Tucumán e Comodoro Rivadavia.

Seu programa de milhagens é o Aerolíneas Plus. Desde 2012, a companhia está associada à aliança Skyteam, liderada pela Delta, Air France-KLM e Alitalia.

A frota da empresa é composta por Aeronaves Embraer 190 (Austral), Boeings 737-300, 737-800 e 737 MAX 8 e Airbus A330-200 e A340-300.

Seus principais destinos estão na América do Sul, Caribe, América do Norte e Europa. A companhia não opera mais voos para a Oceania. O voo da rota transpolar entre Buenos Aires e Sydney parou de operar em 2 de abril de 2014. Atualmente, o voo Buenos Aires – Auckland é operado pela Air New Zealand em Code Share com a Aerolíneas.

A companhia tem diversos voos para o Brasil com destino a Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Salvador.

Pin It