Air Canada

A Air Canada é a maior empresa aérea do Canadá, tanto em número de passageiros transportados, quanto no tamanho da sua frota. Com sede em Montreal, a empresa tem seu principal hub no Aeroporto Internacional Toronto Pearson (YYZ) e hubs secundários em Montreal, Vancouver e Calgary.

A Air Canada é considerada uma companhia 4 estrelas pelo rating da Skytrax e foi considerada a melhor companhia aérea da América do Norte em 2018 por essa mesma organização.

Está afiliada à aliança Star Alliance. Seus programas de fidelidade são o Air Canada Altitude e o Aeroplan. Esses programas atuam em conjunto, mas em 2020 a Air Canada irá lançar um programa de fidelidade próprio, abandonando o Aeroplan.

A frota da empresa é composta por aeronaves Airbus A319, A320, A321, A330-300, Boeings 737 MAX 8, 767, 777-200, 777-300, 787-800, 787-900 e Embraer 190. As linhas regionais operam aeronaves da Embraer e da Bombardier.

A Air Canada tem várias subsidiárias, tais como, a Air Canada Express (rotas regionais), a Air Canada Cargo, A Air Canada Jetz (voos fretados), a Air Canada Rouge (empresa low-cost) e a Air Canada Vacations (operadora de turismo).

A Air Canada Rouge é uma empresa low-cost, integrada a malha aérea da Air Canada e da Air Canada Express, criada em 2012/2013 para competir com as empresas Air Transat, Sunwing e Westjet.

A empresa opera voos para mais de 60 destinos no Canadá, para a Ásia (Austrália, China, Japão e Coreia do Sul), para a Europa, Américas e Caribe. Tem uma grande conectividade com os Estados Unidos, operando voos para 27 estados americanos.

Para o Brasil, a Air Canada opera um voo diário entre o Guarulhos (GRU) e Toronto (YYZ) com o Boeing 787-900. Um voo para o Rio de Janeiro começou a operar em maio de 2014, mas a rota foi cancelada logo após as Olimpíadas.

Foto de Capa: Boeing 777-200 Air Canada (By Brian [CC BY-SA 2.0]), via Wikimedia Commons

Pin It