Foi num baile em Assunção, capital do Paraguai, onde eu vi as paraguaias sorridentes a bailar” (Galopeira, Sérgio Reis).

A canção de Sérgio Reis anima qualquer um a conhecer Assunção – capital e maior cidade do Paraguai. Entretanto, com seus 550 mil habitantes, Assunção é uma cidade pacata e tranquila, sem a “agitação” prometida pela música.

Embora Assunção não faça parte dos principais destinos turísticos da maioria dos brasileiros (exceto do turismo de negócios), possui algumas atrações interessantes para se conhecer, incluindo a arquitetura colonial e a cultura indígena, que é muito valorizada no Paraguai. Além disso, a história do Paraguai está muito ligada à do Brasil.

Neste artigo, vamos ponderar os aspectos positivos e negativos da cidade e responder à questão: vale a pena colocar Assunção no  seu roteiro de viagem?


Sobre o Paraguai, leia também:


Pontos positivos

1. Gastronomia

Sobremesa no Tierra Colorada Gastro
Sobremesa no Tierra Colorada Gastro

Assunção tem boas opções de restaurantes gostosos, refinados e relativamente baratos. Dentre esses, destaco o Bolsi, na região central, e o Tierra Colorada Gastro, que é simplesmente espetacular.

Durante o seu passeio pela cidade, você não pode deixar de provar os deliciosos sorvetes da Dona Angela, uma rede de sorveterias em Assunção. Há unidades no Shopping del Sol e na Calle Palma (em frente ao Panteón de los heroes).

2. Muitas atrações são gratuitas

Museo del Barro, Assunção, Paraguai
Museo del Barro, Assunção

De todos os pontos de interesse em Assunção, só nos foi cobrado ticket para a entrada no Museu Ferroviário.

Nas demais atrações, como o Museu del Barro, a Casa da Independência, o Centro Cultural Manzana de la Riviera, o Centro Cultural de la República el Cabildo, o Panteão dos Heróis, dentre outros, a entrada é gratuita. Há, ainda, o Museu do Futebol Sul-Americano (Conmebol), que fica numa cidade vizinha (Luque) perto do Aeroporto, que também é gratuito.

3. Alguns preços são bem em conta

Shopping Center Paseo la Galeria
Shopping Center Paseo la Galeria

Em Assunção, vale a pena comprar vinhos, especialmente os chilenos e argentinos, que acabam sendo muito mais caros no Brasil. Em torno de 30 a 40% de economia em relação ao nosso país (ref. outubro/2018).

Alguns shoppings centers oferecem descontos para turistas (10%). Não deixe de se informar a respeito.

Um exemplo: na loja Nueva Americana (Shopping Mariscal López), uma frigideira profissional da Tramontina (Made in Brazil) custava aprox. R$ 160,00, com o desconto. No Brasil, o preço da mesma frigideira é de R$ 265,00.

É possível  hospedar-se bem pagando relativamente pouco: 70 dólares americanos pela diária com café da manhã num hotel 4 estrelas.

4. Bom Atendimento

Na minha visita à Assunção, encontrei muitas pessoas simpáticas e amistosas. Dentre eles, um taxista que adorava falar sobre a história e a política do Paraguai. Em geral, o atendimento nos lugares é muito bom.

Pontos negativos

1. A cidade não tem muitas atrações turísticas

Manzana de la Riviera
Manzana de la Riviera

São poucas as atrações turísticas de Assunção. Algumas são excelentes, tais como, o Museu do Barro e a Manzana de la Riviera, mas, nenhuma que o motive viajar até lá. Você pode ler sobre as atrações da cidade, aqui.

Há também opções de passeio fora da cidade: day trips para o Circuito do Ouro, para a Rota ao POI, para os Postales de Pirayu ou às Missões Jesuíticas. Não cheguei a fazê-los, mas se ficasse mais tempo por lá, certamente os faria.

2. As ruas e calçadas são esburacadas

Calçadas em Assunção
Calçadas em Assunção

Ao caminhar pelas calçadas, o pedestre deve ficar bem atento para não cair nos buracos, pois pode sofrer acidentes graves. A drenagem nas ruas também é precária e, quando chove, muita água fica acumulada nas ruas. Enfim, nada diferente do Brasil, né?

3. Meios de Transporte

Taxi em Assunção
Taxi em Assunção

À época que visitamos Assunção (outubro/2018), o único meio de transporte disponível era o Taxi. Para ir do Shopping del Sol até o centro histórico, gastava-se em torno de 30-40 reais, por exemplo. O transporte público, no caso o ônibus, não é de boa qualidade. Os aplicativos de transporte não estavam disponíveis. Acabava saindo caro se deslocar pela cidade e visitar todos os pontos de interesse.

A boa notícia é que a Uber começou a operar em dezembro de 2018, apesar da forte oposição dos taxistas (fonte: Ultima Hora). O trajeto de Uber X do Aeroporto até a Calle Palma, na região central, custa cerca de 53.400 PYG (ou R$ 44).

4. Não é Ciudad del Este!

Não vá a Assunção imaginando que vai encontrar o paraíso de compras tal como Ciudad del Este, que é uma Zona Franca. Em Assunção, a maioria dos produtos nos shoppings centers está mais caro que no Brasil. Entretanto, como falei anteriormente, é possível comprar vinhos chilenos e argentinos baratos e outros produtos com desconto.

Conclusão

Na minha opinião, só vale a pena visitar Assunção como uma parada em uma viagem maior para a América do Sul e não como um destino final. De fato, a partir de Assunção, há voos para algumas cidades interessantes na América do Sul, tais como:

Dois ou três dias são suficientes para você aproveitar as atrações e o que a cidade de Assunção tem a oferecer aos turistas. O voo de São Paulo para Assunção dura 2h e 10 minutos e é operado pela Latam.

Boa Viagem!

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

1 Comment

  1. Gustavo Vasques Reply

    Já fui duas vezes à Assunção. Muito bom. Povo hospitaleiro. Cidade calma. Transporte coletivo deficiente.

Escreva seu Comentário

Pin It