Press ESC to close

Paraíso na Terra: uma reserva ecológica nos arredores de Brasília

O Paraíso na Terra é uma belíssima reserva ecológica situada em Brazlândia, no Distrito Federal, a 50 km de Brasília (Plano Piloto). Encantador e com uma natureza exuberante, é uma excelente opção para passar o dia pertinho da capital federal.

A propriedade pertence ao Instituto Teosófico de Brasília (ITB), uma instituição que se dedica a estudos de religião, filosofia e ciências, e ao aperfeiçoamento do ser humano.

A propósito, não se deve confundir Teosofia com Teologia. Enquanto a Teologia estuda as religiões e suas crenças, bem como as relações entre o ser humano e as divindades, a Teosofia promove um sincretismo de diferentes tipos de conhecimentos, buscando uma compreensão mais ampla e universal da existência humana, da natureza e do divino.

Independente da sua crença, o Paraíso na Terra é um espaço de elevação espiritual, de meditação, de paz e tranquilidade. Para mim, a atração representa, acima de tudo, um lugar para contemplar a natureza, apreciar  belíssimas vistas do cerrado e se banhar nos deliciosos poços e cachoeiras da propriedade.

Neste artigo, contamos como foi nossa experiência e passamos as dicas e informações essenciais para você melhor aproveitar o Paraíso na Terra. Confira!

Cachoeiras

As cachoeiras são, sem dúvida, o que o Paraíso na Terra tem de melhor a oferecer aos seus visitantes. Dentro da propriedade, são cerca de 28 quedas d’água de águas cristalinas, algumas de tom azulado próximo ao cinza, outras, verde esmeralda. Entretanto, apenas 7 estão acessíveis aos visitantes.

Não custa lembrar que as cachoeiras do cerrado são geladíssimas. Por isso, o ideal é se banhar após fazer a trilha. Você pode visitar (e se banhar) nas cinco primeiras cachoeiras sem a necessidade de guia. A partir daí, o trajeto é guiado (vide abaixo – Trilha para a Cachoeira Rainha).

Para chegar às cachoeiras, é recomendável ir de carro. São 2,5 km de estrada de chão até um estacionamento, de onde parte a trilha. Pegamos a estrada ao lado do refeitório (a mesma que vai para o templo) e viramos a direita numa bifurcação. Não tem erro! Basta seguir as placas a partir da administração.

  • Fica a dica: logo após sair do estacionamento e começar a trilha, aprecie a incrível paisagem e o maravilhoso céu de Brasília (foto em destaque). É só um aperitivo do que o refúgio ecológico tem a lhe oferecer.

1. Cachoeira Mumunhas

Cachoeira Mumunhas, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Cachoeira Mumunhas

Após uma caminhada de 150 metros a partir do estacionamento, descendo uma escada, encontramos a Cachoeira Mumunhas, a primeira do complexo. A cachoeira tem um poço rasinho, ou seja, não dá para nadar. Olhando para o lado oposto à cachoeira, você já tem um aperitivo das belíssimas paisagens do cerrado.

A propósito, há um pequeno quiosque ao lado da Cachoeira Mumunhas com um banquinho para quem quiser descansar ou apenas contemplar a natureza.

Vista a partir da Cachoeira Mumunhas, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Vista a partir da Cachoeira Mumunhas

2. Cachoeira Alma Gêmea I

Cachoeira Alma Gêmea I, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Cachoeira Alma Gêmea I, Paraíso na Terra

Continuando a trilha, encontramos a Cachoeira Alma Gêmea I, a minha preferida no ‘Paraíso na Terra’. A queda d’água se assemelha a um tobogã largo, com as águas deslizando suavemente sobre um paredão inclinado até formar um belíssimo poço que, com certeza, dará vontade de mergulhar. 

O acesso à cachoeira é fácil, a partir de um pequeno desvio na trilha principal.

  • Fica a dica: Apesar de a cachoeira ser semelhante a um togobã, não é recomendável tentar subir ou escorregar no paredão inclinado. 

3. Cachoeira Alma Gêmea II

Cachoeira Alma Gêmea II, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Cachoeira Alma Gêmea II, Paraíso na Terra

Voltando para a trilha, poucos metros adiante, nos deparamos com a Cachoeira Alma Gêmea II, que também é belíssima. O acesso à cacheira, entretanto, não é tão fácil. É necessário descer algumas pedras. Entretanto, o pequeno esforço vale a pena.

A Cachoeira Alma Gêmea II fica toda envolvida numa formação rochosa, o que torna o lugar mais aconchegante.

4. Cachoeira da Paz

Cachoeira da Paz, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Cachoeira da Paz, Paraíso na Terra

Para chegar à Cachoeira da Paz, é necessário caminhar um pouquinho mais pela trilha. Esta é a cachoeira preferida do guia que nos levou até a Cachoeira Rainha. 

De fato, o poço é amplo e as árvores no entorno fazem uma boa sombra, tornando o lugar ideal para relaxar após a trilha. Para chegar até a cachoeira, é necessário saltar (ou atravessar) um pequeno riacho.

5. Cachoeira do Silêncio

Cachoeira do Silêncio, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Poço da Cachoeira do Silêncio

 A Cachoeira do Silêncio é a última que os visitantes podem ter acesso de forma autoguiada. O poço fica um pouco afastado da queda d’água propriamente dita. É também outro ponto onde vale a pena se refrescar. Aproveitei para ficar ali enquanto aguardava a chegada do guia para fazer a trilha da Cachoeira Rainha. 

Um pouco abaixo deste poço, encontra-se outro, pequeno, mas que dá muita vontade de mergulhar. Entretanto, a descida pelas pedras é bem perigosa.

Poço Inferior, Cachoeira do Silêncio, Paraíso na Terra
Poço Inferior da Cachoeira do Silêncio

A Trilha da Cachoeira Rainha

Trilha para a Cachoeira Rainha, Paredão em V, Paraíso na Terra
Trilha para a Cachoeira Rainha, Paredão em V

A Cachoeira Rainha é o “ponto alto” da visita, mas fica numa região mais baixa da propriedade.

Para chegar até lá é necessário continuar a trilha das cachoeiras por mais 20 minutos. Até a Cachoeira do Silêncio, a trilha é relativamente tranquila: nível fácil. A partir deste ponto, a trilha só é permitida a visitação guiada.

Trilha para a Cachoeira Rainha, Cruzando o Rio, Paraíso na Terra
Descida para a Cachoeira Rainha, Paraíso na Terra

 Nesse trecho, a trilha é considerada de média dificuldade:

  • Inicialmente, você terá que descer um paredão rochoso em forma de V, onde pode ser necessário se apoiar com os dois braços nas pedras, ou seja, terá que guardar os seus pertences na sua mochila e deixar as mãos livres.
  • Após essa descida, terá que cruzar um pequeno riacho. Alguns tiram o sapato e entram na água, outros, como eu, tentam cruzar o riacho pulando nas pedras.
  • Por fim, é necessário descer um trecho de pedras. Em alguns pontos, há cordas para apoio e, em outros, é necessário descer de costas.
Trilha para a Cachoeira Rainha, Paredão de Pedras, Descida de Costas, Paraíso na Terra
Trilha para a Cachoeira Rainha: Descida de Costas

Uma grande preocupação são as pedras soltas, que podem fazer você escorregar. Ademais, deve-se ter cuidado para que a pedra solta não caia sobre alguém à sua frente na trilha.  

É recomendável fazer a trilha com um calçado fechado e antiderrapante. Particularmente, gosto bastante das sapatilhas aquáticas, que promovem uma boa aderência, seja na trilha, seja nas pedras das cachoeiras. Vi pessoas fazendo a trilha de havaianas. Sinceramente, não recomendo!

A trilha guiada para a Cachoeira Rainha só acontece uma vez ao dia no período da manhã, em torno das 10h. Por isso, aproveite para fazer a trilha de manhã e depois aproveitar as demais cachoeiras.

6. Cachoeira da Luz

Cachoeira da Luz, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal

A Cachoeira da Luz fica no caminho da Cachoeira Rainha, logo após a descida do paredão em V.  Durante o trajeto para a Cachoeira Rainha, não há parada para se banhar nesta cachoeira. Entretanto, você pode fazê-lo na volta por conta própria, se retornar antes do grupo.

De qualquer forma, a Cachoeira da Luz também é uma bonita cachoeira que vale a pena ser contemplada pelos visitantes.

7. Cachoeira Rainha

Cachoeira Rainha, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Cachoeira Rainha, Paraíso na Terra

A Cachoeira Rainha é a principal cachoeira do refúgio ‘Paraíso na Terra’. Sua queda d’água tem cerca de 15-20 metros, é a maior dentre as cachoeiras visitáveis, e oferece uma ducha refrescante em quem se arrisca a entrar debaixo. 

Há um poço mais próximo à cachoeira, que é profundo, e outro que forma uma piscina de borda infinita com uma vista magnífica para o cerrado. Ambos são deliciosos para se banhar!

 

Piscina Natural da Cachoeira Rainha, Paraíso na Terra, Brazlândia, Distrito Federal
Piscina Natural da Cachoeira Rainha

Mesmo que você não goste de água fria, vale a pena descer até a Cachoeira Rainha apenas para contemplar a sua beleza. 

O guia fica com o grupo cerca de 1 hora na cachoeira, mas, quem quiser, pode retornar antes. 

Templo

Templo do Paraíso na Terra, Instituto Teosófico de Brasília
Templo do Instituto Teosófico de Brasília

O Templo é uma estrutura circular envolta por uma parede de vidro e por colunas redondas, situada no topo de uma escada também em formato circular. Situado num ponto mais elevado da propriedade, oferece uma belíssima vista panorâmica para uma região de vale no cerrado do Distrito Federal.

A área do templo estava um pouco abandonada. O lago em frente estava seco e a pintura do templo descascada. Entretanto, nada tira o charme e a energia do lugar. 

Para chegar até o templo, basta pegar uma estrada de terra passar ao lado do refeitório e seguir direto.  

Nossa recomendação é visitar o Templo no período da tarde, após o almoço, especialmente no Pôr do Sol, quando, segundo dizem, o visual é espetacular.

 

Almoço Vegetariano

Almoço Vegetariano, Paraíso na Terra

Confesso que, mesmo não sendo fã de comida vegetariana (afinal sou carnívoro), me surpreendi com o almoço oferecido no ‘Paraíso na Terra’.  Simplesmente delicioso! O almoço é do tipo self-service, com boa variedade de saladas e pratos. O almoço inclui um delicioso suco e sobremesa.

 Durante a nossa visita, tinha guacamole, feijão preto, farofa, mandioca e um kibe de soja, além de suco de cupuaçu e pudim de tapioca.

Em verdade, o almoço não é propriamente vegetariano, pois inclui ovos e derivados de leite. Chamada de olactovegetariana, é um tipo de alimentação ideal para quem busca cortar o consumo de carne sem enfrentar dietas altamente restritivas [Fonte: PanelinhaFit]. Para saber mais sobre os tipos de vegetarianismo, clique aqui.

É servido em uma instalação próxima à administração. Há banheiros no local.  O almoço é servido das 12h30 às 14h30. É importante ficar atento a esse horário, pois não há lanchonetes ou outros restaurantes no local. Depois do almoço, você pode descansar num redário.

Dicas e Informações úteis

  • A visitação é feita apenas com agendamento. A reserva é feita por Whatsapp (+5561 99966-5532), de  quarta à domingo das 9h às 16h. Não será permitido entrar na fazenda sem receber a confirmação de reserva pela equipe do Paraíso na Terra. 
  • Antes de visitar o Paraíso na Terra, é importante conhecer as normas de visitação. Não é permitido o consumo de carnes, uso do fumo ou consumo de álcool em qualquer parte da propriedade. Equipamentos de som também são proibidos, pois não harmonizam com o ambiente de paz, reflexão e tranquilidade proporcionado pelo refúgio ecológico. Essas normas, a propósito, são repetidas frequentemente, seja no agendamento, seja no check-in na propriedade.
  • A visitação só ocorre nos sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h. Vale a pena se programar para aproveitar todo o dia na propriedade, inclusive assitindo ao pôr do sol no templo. 
  • O ideal é chegar à propriedade em torno das 9h-9h30, para fazer o check-in (que leva um tempo) e conhecer as principais instalações.
  • A melhor época para visitar o refúgio ‘Paraíso na Terra’ é de maio a setembro, no período da seca no cerrado. Na época de chuvas, você pode acabar aproveitando menos o ambiente.
  • Leve água para as trilhas e utilize calçados fechados e antiaderentes para caminhar nas pedras.
  • A trilha para a Cachoeira Rainha só ocorre uma vez ao dia e no período da manhã, em torno das 10h. Portanto, deixe para visitar as demais cachoeiras depois. As demais cachoeiras abertas ao público podem ser visitadas em qualquer horário.
  • Fique atento ao horário de almoço. Das 12h30 às 14h30.
  • O ingresso custa R$ 110,00 e pode ser pago no momento do check-in com cartão de crédito ou débito. O ingresso inclui o almoço, a visitação às cachoeiras e ao templo.
  • Existem outras instalações no refúgio ecológico ‘Paraíso na Terra’, inclusive de hospedagem, entretanto, são mais voltadas para eventos e retiros espirituais. Consulte o ITB para mais informações.

'Amor à Primeira Vista'

O ‘Paraíso na Terra’ ganhou fama no Distrito Federal quando apareceu no Programa ‘Amor à Primeira Vista’ da TV Globo de Brasília. Esse programa leva algum brasiliense ou morador de Brasília para conhecer uma atração turística pouco conhecida no DF. A ideia é mostrar o brilho e o encantamento que eles demonstram ao descobrir novos pontos turísticos da capital do país, pertinho de onde eles vivem. 

O episódio que apresentou o ‘Paraíso na Terra’ foi ao ar em 2/7/2022 e pode ser assistido no Globoplay. Infelizmente, não mostraram as cachoeiras. 

Nosso vídeo no Youtube

Se a Globo não mostrou as cachoeiras, nós mostramos. Confira nosso vídeo no Youtube! Em apenas 1 minuto, você conhece as principais atrações do refúgio ecológico ‘Paraíso na Terra’.

Como chegar ao Paraíso na Terra?

O Paraíso na Terra fica na Rodovia DF-220, Km 4, em Brazlândia, no Distrito Federal.  A partir da região central de Brasília (plano piloto), são 52 km e, de carro, leva-se cerca de 55 minutos. 

  • Fique atento: a rota indicada pelo Waze ou Maps Google também pode ser usada. Entretanto, você pega um trecho maior de estrada de terra. 

A rota que eu prefiro é a seguinte:

  • Pegar a EPTG ou a Estrutural no sentido Taguatinga
  • Chegando ao pistão sul/norte, vire à direita para a pegar a DF-001
  • Continue na DF-001 até a DF-220 (vire à esquerda para pegar a DF-220)
  • Siga pela DF-220 cerca de 12 km e o destino estará à direita.

Aos domingos e feriados, estas vias não costumam ter muito trânsito. 

A DF-220 é uma estrada de terra, mas a pista não é muito irregular. De modo que dá para trafegar aos 50 ou 60 km/h.

Na DF-220, antes de chegar ao Paraíso na Terra, encontra-se a Chapada Imperial, que é outra atração interessante para quem gosta de Ecoturismo em Brasília. Confira nosso post sobre a Chapada Imperial!

Avaliação Geral

Visitar o ‘Paraíso na Terra’ é uma excelente opção de “day trip” para quem está em Brasília. É ideal para quem busca meditar e contemplar a natureza num ambiente de paz, beleza e tranquilidade. A despeito de pertencer a um Instituto Teosófico, está aberta à visitação de ecoturistas mediante agendamento.

A propriedade possui uma série de cachoeiras e piscinas naturais com águas azul-turquesa que são alimentadas por rios e cachoeiras perenes do local. Dá vontade de se banhar. 

É importante ficar atento às regras de visitação e aos horários para aproveitar melhor esse refúgio ecológico do Cerrado que, sem dúvida, faz jus ao nome. 

Para mais informações, confira o site do Paraíso na Terra

Emerson Cesar

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *