Press ESC to close

Passeio de buggy pelo Litoral Norte de Natal: as Dunas de Genipabu

Natal é um dos principais destinos turísticos do nordeste do Brasil. Porém, o que encanta a maior parte dos visitantes não são os atrativos da cidade propriamente dita, mas sim os passeios de um dia (day trips) que podem ser feitos a partir de Natal.  E são muitos!

Um passeio que recomendo, sem dúvida, é o pelo Litoral Sul de Natal, no qual você irá se encantar e se surpreender com tantas belezas do Rio Grande do Norte. 

Entretanto, o mais famoso deles é o Passeio de Buggy pelo Litoral Norte de Natal, passando pelas maravilhosas Dunas de Genipabu e por incríveis mirantes, praias e lagoas. Durante este tour, também é possível realizar diversas atividades de aventura opcionais. 

Fizemos esse passeio com a Marazul Receptivos. Neste artigo, contamos como foi o roteiro, a experiência e passamos as dicas e informações essenciais para você aproveitar melhor o seu passeio. Prepare-se para a aventura! 

Contratando o passeio

MarAzul Receptivo, Loja Física em Ponta Negra, Natal

Agendamos nosso passeio com a Marazul Receptivos e não nos arrependemos. A empresa possui nota 5/5 no TripAdvisor e mais de 9.000 avaliações qualificando-a como Excelente ou Muito Boa.  

Escolhemos os nossos passeios e fizemos a reserva no próprio site da Marazul Receptivos. Caso tenha dúvidas, eles disponibilizam um Whatsapp que responde super rápido. Assim que tudo estiver confirmado, você recebe um voucher com as informações gerais. Fique tranquilo que um dia antes do passeio, no fim da tarde, você receberá a mensagem confirmando os dados do passeio e o horário do pick-up.

Se quiser um atendimento presencial, a MarAzul Receptivos dispõe de uma loja física localizada na Rua Vereador Manoel Satiro, 75, na Ponta Negra, em Natal (funciona até às 18h, de segunda à sábado). 

Vamos agora ao nosso roteiro!

Pick-up e Via Costeira

Buggy Mar Azul Receptivo, em Ponta Negra, Natal
Buggy Mar Azul Receptivo

Após o pick-up dos passageiros nos hotéis e pousadas de Ponta Negra, às 9h, seguimos de buggy pela Via Costeira, uma via expressa que liga a zona sul à zona norte de Natal. 

À direita, estão os principais principais resorts e hotéis beira-mar da capital potiguar. À esquerda, fica o Parque Estadual das Dunas, uma reserva florestal de mata atlântica, intocada, que fica bem no coração da cidade de Natal.

O buggy comporta até 4 passageiros, sendo um na frente e três na parte de trás, além do bugueiro. Importante ressaltar que, durante esse trecho do passeio, é obrigatório ficar sentado dentro do buggy, e, o espaço é um pouco pequeno e apertado para quem vai atrás.

1. Praia da Redinha

Praia da Redinha, Litoral Norte de Natal, Rio Grande do Norte
Praia da Redinha, Litoral Norte de Natal

Após cruzarmos a Ponte Newton Navarro, a ponte estaiada que corta o Rio Potengi, passamos pela Praia da Redinha.

A Praia da Redinha é uma praia urbana, tranquila, situada na zona norte de Natal. É a única praia na região e é frequentada tanto por moradores quanto por turistas. Até 2004, a Praia da Redinha não tinha nenhuma urbanização e não era popular nem atrativa. Entretanto, após a construção da ponte, a praia tornou-se mais acessível, atraindo mais visitantes.

A praia conta com construções simples e são poucas as barracas de praia disponíveis para os turistas, dentre as quais, destacam-se a Barraca do Amor e a Barraca Tropicaliente. O que mais encanta o visitante não é a praia em si, mas o belissimo pôr do sol e a vista da Ponte Newton Navarro.

Na região, encontra-se, também o Aquário de Natal, que é uma atividade opcional do passeio de buggy pelo litoral norte.

A Praia da Redinha também é chamada de “Redinha Velha” em oposição à “Redinha Nova”, ao norte, localizada no município de Extremoz/RN.

2. Dunas de Genipabu e Lagoa de Genipabu

Lagoa de Genipabu, Litoral Norte de Natal, Rio Grande do Norte
Lagoa de Genipabu

Saindo da Praia da Redinha, seguimos para as Dunas de Genipabu (ou Jenipabu, como alguns escrevem). É um dos pontos turísticos mais famosos do Rio Grande do Norte. 

Localizadas no município de Extremoz, vizinho a Natal, as Dunas de Genipabu, em verdade, fazem parte do Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu, um complexo que contempla lagoas, praias e gigantescas dunas. 

É aqui onde começa a aventura. O buggy pode fazer manobras sem emoção, com emoção ou com muita emoção, dependendo do ânimo dos passageiros. É quase uma montanha russa! Prepare-se para os solavancos e segure firme! Quem se senta atrás costuma sentir mais as manobras.

 

 

Manobras do Buggy nas Dunas de Genipabu
Manobras do Buggy nas Dunas de Genipabu

Após as manobras, fazemos uma parada para observar a Lagoa de Genipabu. A parada fica numa região alta com uma belíssima vista, tanto da lagoa, quanto da cidade de Natal. No local, tem uma pequena estrutura de apoio e muitos buggys param por ali. 

Faz parte do parque uma unidade de conservação, a APA Jenipabu (Área de Proteção Ambiental de Jenipabu), criada com objetivo de ordenar o uso e preservar os ecossistemas, lagoas, dunas e demais recursos hídricos e além das espécies vegetais e animais presentes na região, que como mencionamos, está sujeita a uma intensa atividade turística.

Cabe ao turista ter a consciência de não deixar lixo, não retirar espécies animais e vegetais, bem como seguir as normas e orientações do condutor licenciado.

3. Mirante de Genipabu

Mirante de Genipabu, foto antiga, Rio Grande do Norte
Mirante de Genipabu (foto antiga/2008).

Ainda nas Dunas de Genipabu, fizemos uma parada no Mirante de Genipabu, um ponto alto das dunas que permite  apreciar a Praia de Genipabu, na parte baixa. Incrível!

Segundo o nosso guia, foi no Mirante de Genipabu onde começaram os primeiros passeios de buggy em Natal, há algumas décadas atrás. Atualmente, ninguém pode visitar a região sem ter essa experiência de passear de buggy pelas dunas.

4. Dromedários

Dromedários nas Dunas de Genipabu, Rio Grande do Norte
Dromedários nas Dunas de Genipabu

Após a Lagoa de Genipabu, fomos conhecer os dromedários, que são atrações opcionais do Passeio do Litoral Norte de Natal. Os animais costumam ficar em uma área cercada nas Dunas de Genipabu

Os dromedários são animais dóceis e bem cuidados e você pode tirar fotos e também passear nas dunas com eles. O passeio de dromedários inclui a vestimenta árabe e tem duração de cerca de 15 a 30 minutos. Eu, particularmente, não gosto desse tipo de atração, que utiliza animais!

O preço do passeio é de R$ 80 por pessoa (ref. abril/2023). Aos domingos, os dromedários não estão no local. 

Como nenhum dos passageiros quis fazer esse passeio, fizemos apenas uma parada rápida e seguimos o nosso trajeto.

 

5. Praia de Genipabu

Praia de Genipabu, Rio Grande do Norte
Praia de Genipabu (sentido Norte)

Descemos as dunas pelo Bairro Santa Rita e percorremos a Praia de Genipabu. Atualmente, a Praia de Genipabu conta com uma boa infraestrutura de barracas de praia, bares, restaurantes e pousadas. Eu adoro sentir o vento batendo no rosto durante os passeios de buggy enquanto aprecio a imensidão de praia e dunas!

Como a maré estava cheia, decidimos parar na Praia de Genipabu na volta do passeio. 

6. Travessia de balsa pelo rio Ceará Mirim

Travessia do Rio Ceará-Mirim, Rio Grande do Norte
Travessia do Rio Ceará-Mirim

Percorrida a Praia de Genipabu, temos que cruzar o estuário do Rio Ceará-Mirim. Não há ponte nesse trecho do rio e a travessia é feita em uma pequena balsa. 

O Rio Ceará-Mirim nasce no município de Lajes/RN e dirige-se para o mar, passando pelos municípios de Pedra Preta, Jardim de Angicos, João Câmara, Poço Branco, Taipu e Ceará-Mirim. Após cruzar boa parte do Rio Grande do Norte, deságua na localidade de Barra do Rio, em Extremoz, onde é feita a travessia.

De manhã, vários buggys fazem uma fila na Estrada de Extremoz, aguardando a sua vez para para pegar a balsa com destino ao litoral norte do estado. Entretanto, a espera não costuma ser longa. 

O interessante é que a balsa não é movida a motor, mas a “feijão” segundo o nosso guia. De fato, um barqueiro com seu remo a força motriz que faz levar o nosso veículo de um lado a outro do rio.

A travessia é um momento bem agradável do passeio de buggy, mas é curta. Sem dúvida, dá vontade de ficar mais tempo passeando por este rio de águas tranquilas. A região, que mistura rio, mar, mata atlântica e enormes faixas de areia, mereceria também mais tempo para contemplarmos a sua beleza.

7. Pitangui Lagoa Park

Pitangui Lagoa Park, Rio Grande do Norte
Pitangui Lagoa Park

O Pitangui Lagoa Park é um complexo com restaurante e várias atrações localizados à margem da Lagoa do Pitangui, a cerca de 25 km de Natal. 

A lagoa é muito tranquila e oferece diversas opções de lazer (tirolesa, pedalinho, caiaque, etc), música ao vivo e mesas direto na água.

Costuma ser parada obrigatória dos buggys que fazem o Passeio pelo Litoral Norte de Natal. A parada dura cerca de 1 hora e dá para se sentar numa mesa, tomar uma cerveja e relaxar. A única coisa chata do lugar são os vendedores de propriedades time-sharing.

O ingresso custa R$ 20 por pessoa, sendo R$ 10 consumíveis no restaurante. Os itens do cardápio não são muito caros e há várias opções. O atendimento é bom e costuma ser rápido. 

8. Dunas Douradas de Pitangui

Dunas Douradas de Pitangui, Litoral Norte de Natal, Rio Grande do Norte
Dunas Douradas de Pitangui

Saindo da Lagoa, seguimos para as Dunas de Pitangui, no município de Extremoz/RN. É um conjunto de dunas com características um pouco diferentes das outras dunas que visitamos. Destaca-se, especialmente, seu tom avermelhado, o que torna a paisagem semelhante a de um deserto.

Segundo o nosso bugreiro, estas dunas foram usadas como locação para a novela O Clone, da TV Globo. Entretanto, essa informação não é confirmada pelo site Memória Globo, que conta os bastidores das novelas, incluindo os locais usados para as gravações.

9. Mirante e Praia do Pitangui

Mirante da Praia de Pitangui, Litoral Norte de Natal
Mirante da Praia de Pitangui

Na saída das Dunas de Pitangui, é hora de parar num mirante próximo à Praia do Pitangui. Situado no acesso à praia, numa parte alta, a paisagem vista do mirante é encantadora. São dunas cobertas com vegetação, uma lagoa, algumas construções simples, palmeiras e a praia ao fundo.

Descemos e seguimos na direção norte, percorrendo a Praia de Pitangui. Neste trecho, a praia fica praticamente vazia e deserta.

Ao sul, fica o vilarejo de Pitangui, com residências, igreja, escolas, lojas, restaurantes, mercados e outras facilidades. Na orla, o visitante até encontra alguns barracas de praia e meia dúzia de banhistas, mas nada tira a tranquilidade do lugar.

10. Dunas de Jacumã

Skibunda, Dunas de Jacumã, Litoral Norte de Natal
Skibunda, Dunas de Jacumã

As dunas de Jacumã são as últimas dunas do passeio, situadas a cerca de 40 km de Natal, no município de Ceará-Mirim/RN. Essas dunas de areia branca são resultado da ação dos ventos e das correntes marítimas ao longo de milhares de anos. Com seus contornos suaves e imponentes, formam um cenário impressionante.

Durante a passagem pelas Dunas de Jacumã, paramos em dois pontos para atividades opcionais.

 

Atividade Kamikaze, Lagoa de Jacumã, Litoral Norte de Natal
Atividade "Kamikaze", Lagoa de Jacumã

A primeira parada é para fazer o skibunda, em que os visitantes podem deslizar pelas dunas em pranchas de madeira, percorrendo longas distâncias em alta velocidade e terminando o trajeto nas águas mornas das lagoas que se formam entre as dunas.

A segunda é na Lagoa de Jacumã para fazer o “aerobunda”, uma espécie de tirolesa onde você desce a duna suspenso por um cabo de ferro e cai no lago. Uma outra atividade disponível no local é chamada de “Kamikaze“, em que as as pessoas descem deitadas numa prancha de bodyboard numa lona azul molhada caindo nas águas da lagoa.

Se você nunca teve a experiência, essa é a hora! Cada atividade custa cerca de R$ 20 (ref. abril/2023).

Na parte baixa da Lagoa de Jacumã, há algumas barracas e restaurantes, num espaço agradável para quem quer relaxar e apreciar a bela paisagem natural.

11. Restaurante Miramar

Restaurante Miramar, Praia de Porto Mirim, Litoral Norte de Natal, Rio Grande do Norte
Restaurante Miramar, Praia de Porto Mirim

Após as atividades nas Dunas de Jacumã, seguimos para o almoço no Restaurante Miramar, situado à beira da Praia de Porto Mirim, no município de Ceará-Mirim/RN. Miramar é uma rede com diversas barracas de praia no Rio Grande do Norte, com unidades em Barra do Cunhaú, Perobas/Touros e na Praia de Genipabu.

O restaurante do nosso passeio é amplo, com mesas no térreo, no mezanino e também na areia da praia. É utilizado pela maioria dos tours de buggy pelo litoral norte de Natal. Nos sentamos no mezanino, onde era possível ter uma bela vista da Praia de Porto Mirim.

O almoço é no regime de buffet, onde você pode se servir à vontade de uma boa variedade de pratos, por R$ 85,00 por pessoa. 

Apesar de  ser considerado o melhor restaurante de Ceará-Mirim/RN, segundo o Tripadvisor, em nossa opinião, o Restaurante Miramar não tem uma boa relação custo-benefício. A comida é boa, mas não excepcional a ponto de justificar um preço tão elevado.

O cardápio é bem limitado e não tem opções de pratos mais em conta, especialmente, para quem tem pouca fome.  Até mesmo os petiscos estavam muito caro: a partir de R$ 130. Isso tudo acaba fazendo com que os turistas optem pelo buffet. 

É importante mencionar que, ao contratar o passeio, o turista é alertado sobre esse gasto extra (R$ 85/pessoa), não incluso no custo do passeio, conforme indica o próprio site da agência.

Em nossa avaliação, a experiência com o Restaurante Miramar não foi tão boa quanto a que tivemos na Barraca Miramar na Barra do Cunhaú, no passeio pelo litoral sul de Pipa. Achamos que esta unidade era mais agradável, confortável, tinha mais opções de petiscos em conta, e o atendimento foi melhor. E, além disso, ainda tinha as piscinas naturais.

12. Retorno pelas Praias

Praia de Genipabu, Litoral Norte de Natal, Rio Grande do Norte
Praia de Genipabu (volta)

Após o almoço, iniciamos o retorno pela areia das praias e foi um dos momentos mais agradáveis do nosso passeio.

No período da manhã, o tempo estava nublado, o que acaba fazendo com que o lugar perca um pouco o seu encanto. Entretanto, à tarde, o clima era outro. O céu se abriu e as praias, dunas e a vegetação circundante formaram uma paisagem ainda mais bonita.

Ademais, em boa parte do trajeto, a areia das praias é lisinha, fazendo com que o buggy não tenha tantos solavancos. É só aproveitar o ventinho no rosto.

Passamos pela Praia de Porto Mirim, pela Praia de Jacumã, pela Praia de Pitangui e pela Praia de Graçandu até fazer, novamente, a travessia de balsa pelo Rio Ceará-Mirim. 

Vista da Ponte Newton Navarro a partir da Praia da Redinha
Praia da Redinha: Vista da Ponte Newton Navarro

Em seguida, retornamos para a Praia de Genipabu. Que grata surpresa! Foi um dos pontos mais fotogênicos do passeio.

A maré baixa ajudou e na praia formou-se um espelho d’água, dando um toque especial aos nossos registros fotográficos.

Na sequência, percorremos toda a Praia de Redinha Nova até chegar na Praia de Redinha (velha), onde paramos para registrar outra paisagem espetacular: a praia, a ponte estaiada e, como pano de fundo, o skyline de Natal. 

13. Aquário de Natal

Aquário de Natal, Litoral Norte de Natal, Rio Grande do Norte
Aquário de Natal

O Aquário de Natal é um ponto turístico em Extremoz/RN, próximo à Praia da Redinha. Fundado em 1999, é uma empresa privada com foco na preservação ambiental, no cuidado com a fauna e no trabalho voltado para a conscientização ambiental. Por ano, recebe cerca de 100 mil visitantes, dentre turistas e estudantes.

Sua exposição compreende cerca de 60 espécies de animais, como tubarão, moreias, peixes de corais, cavalos marinhos, além de jacarés, pinguins e pirarucu. Além disso, o aquário funciona como um mini-zoológico com macacos, cobras e iguanas.

Uma das mais interessantes atividades do Aquário de Natal é o tanque de toque em tubarões lixa, onde adultos e crianças podem colocar a mão no dorso do tubarão e sentir a sua pele áspera que lembra uma lixa de unha. Essa atividade é acompanhada por monitores.

Também é possível fazer um mergulho com tubarões e tartarugas, mas isso é só para os corajosos que quiserem desembolsar um valor extra (R$ 150 por 20 minutos de mergulho).

O Aquário de Natal também funciona como uma espécie de hospital e recebe animais para tratamento, devolvendo-os depois à natureza. O aquário é parceiro do Projeto Tamar de preservação ambiental, o que reforça seu compromisso com a conservação da natureza.

O aquário abre diariamente das 8 às 17 horas. O valor da entrada é R$ 44 (inteira) e R$ 22 (meia), com pagamento com o cartão de crédito. Se efetuar o pagamento com débito ou em espécie, há um desconto de 10%.

Visitar o Aquário de Natal é uma atividade opcional do passeio de buggy pelo litoral norte e pode ser feita no início ou no final do tour. Quando passamos por lá, no final do passeio, já estávamos um pouco cansados e optamos por retornar para casa.

Segundo o guia, para quem mora em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, que dispõem de aquários modernos e amplos, não vale a pena visitar o Aquário de Natal. Mas, se você mora no interior ou viaja com crianças, não deixe de conhece-lo . Esta atração está avaliada com nota 4,4/5 no Google e 4/5 no Tripadvisor.

14. Chegando em Natal

Cruzamos novamente a Ponte Newton Navarro para pegar a Via Costeira e seguir para o nosso hotel em Ponta Negra. Terminamos o nosso passeio em torno das 16h. 

Uma grande vantagem desse horário e trajeto é que não pegamos trânsito na chegada à Natal. De fato, o trânsito costuma ficar bem carregado no final da tarde na capital potiguar. Dessa forma, quem faz tours de dia inteiro em Natal, deve evitar marcar algum compromisso no início da noite.

Dicas e Informações Úteis para o Passeio de Buggy no litoral norte de Natal

  • O passeio Litoral Norte de Natal (Dunas de Genipabu) dura cerca de 7 horas, partindo dos hotéis e pousadas em Natal por volta das 9h. O buggy tem um limite máximo de quatro passageiros além do motorista. São três passageiros sentados na parte de trás e um passageiro à frente, ao lado do motorista. Pessoas com porte físico grande ou idosos devem se sentar na parte da frente do buggy.
  • Como regra geral para passeios pelo litoral brasileiro, não esqueça o protetor solar, óculos de sol, chapéu e água para hidratar-se bem
  • Se você se sentar na parte de trás do buggy, cuidado com os seus objetos (óculos, chapéus, lenços). Eles vão voar.
  • Prepare-se, também, para os solavancos e para as manobras do buggy. Segure firme e aproveite!
  • É importante contratar um bugueiro habilitado e com veículo em boas condições. De preferência, faça o passeio por uma agência de turismo confiável e com boas avaliações no Google ou no Tripadvisor.
  • Não está inclusa no valor do passeio a taxa ambiental e a balsa do Rio Ceará-Mirim (R$ 65 por buggy). Ademais, há os seguintes gastos extra (opcionais): ingresso para o Pitangui Lagoa Park (R$ 20 por pessoa); ingresso para o Aquário de Natal (R$ 44 por pessoa); almoço (R$ 85 por pessoa – buffet) e passeio de dromedários (R$ 80 por pessoa). 

Avaliação Geral

O passeio de buggy pelo litoral norte de Natal é uma forma divertida de conhecer praias, dunas e lagoas a poucos quilômetros da capital potiguar.

Todos turistas que visitam Natal precisam ter a famosa experiência de passear pelas Dunas de Genipabu ou de Jacumã, com ou sem emoção. Tenho certeza que guardará para sempre a agradável sensação de descer as dunas de areia com o vento batendo no rosto.

Apesar de ser o passeio mais famoso nas proximidade de Natal, eu particularmente preferi o tour vip 4×4 para o Litoral Sul, com lagoas belíssimas e pôr do sol incrível. 

Achei que, no tour para o lado norte, poderíamos ter feito menos paradas e aproveitado para relaxar por mais tempo nas praias e lagoas. Mas, para um tour que se pretende mostrar um panorama das belezas do Rio Grande do Norte, acho que cumpriu bem a missão.

Disclaimer: Fizemos esse tour a convite da agência Marazul Receptivos. Entretanto, todas as informações contidas neste artigo refletem fielmente a nossa real experiência.

Luciana Mardegan

Médica, 42, apaixonada por pessoas, sabores e novas culturas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *