Após a Copa do Mundo na Rússia, muita gente quer visitar o país e se pergunta se é possível conhecer a Rússia por conta própria sem falar Russo.

É claro que nos hotéis, nas principais atrações, nos restaurantes e nos shoppings centers, há pessoas que falam inglês fluente e que podem te atender ou ajudar. Mas, mesmo em Moscou, muita gente não fala a língua inglesa e, se isso acontece nessa imensa capital, a dificuldade de comunicação pode ser ainda maior em outras cidades.

Já fui à Rússia em três oportunidades (desde 2010 quando entrou em vigor o acordo de isenção de vistos) e, apesar dessa barreira linguística, posso afirmar que é possível conhecer o país sem excursões organizadas e sem falar a língua russa.

Mas, há algumas condições. Explico!

Alfabeto Cirílico

É essencial que você conheça o alfabeto cirílico e a sua transliteração para o alfabeto latino (Não é difícil, aprenda aqui). A propósito, transliteração é a representação dos caracteres de uma escrita (ou alfabeto) em outra.

Por que?

No Metrô de Moscou, por exemplo, as indicações das estações estão escritas no alfabeto de São Cirilo, mesmo após a Copa do Mundo. Se não conhecer esse alfabeto, terá muita dificuldade em saber qual o sentido dos trens.

Ademais, muitas palavras em russo são muito semelhantes às correspondentes em português ou em inglês, bastando fazer a transliteração. Por exemplo, a palavra “restaurante” em Russo é “ресторан” (“restoran” após a transliteração). Dessa forma, aprender a fazer a transliteração irá te ajudar muito a reconhecer os lugares, as lojas, etc.

Google Translator

Outra dica é instalar o app Google Tradutor no seu smartphone e baixar as línguas (inglês, português e russo) para tradução off-line (para usar mesmo quando não tiver internet). Aí, é só fazer a tradução da palavra ou da frase e mostrar ao seu interlocutor. Prefira utilizar a tradução do inglês para o russo (é mais exata que a português – russo).

Com esse aplicativo, você também pode traduzir um texto escrito usando a câmera do celular. Saiba mais, aqui.

Por fim, você também pode fazer uso de outros aplicativos de localização como o Google Maps, de auxílio às viagens (Tripadvisor) e de transporte (Uber), para chegar tranquilamente às atrações, aos hotéis, aos restaurantes, etc.

Em suma, usando a tecnologia e conhecendo o alfabeto cirílico, você consegue se virar bem na Rússia.

Boa viagem!

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

1 Comment

Escreva seu Comentário

Pin It