À primeira vista, Hanoi, no Vietnã, é uma cidade caótica. A dificuldade de atravessar as ruas, aquele trânsito desordenado de motocicletas, as ruas e vielas cheias de barraquinhas, pessoas sentadas em banquinhos na calçada para comer, podem assustar o visitante nos primeiros dias.

Mas, à medida que descobrimos a simpatia dos seus habitantes, a beleza dos seus lagos e a história por trás de seus museus e monumentos, percebemos que estamos em um dos destinos turísticos com melhor custo-benefício para encantar os seus visitantes. Simplesmente, adorei visitá-la!

Visitamos Hanoi em 2016 e, com base na nossa experiência e nas orientações do nosso hotel, vamos te passar algumas dicas. Confira!

As dicas essenciais de Hanoi

Lago Hoan Kiem, Hanoi, Vietnã
Lago Hoan Kiem, Hanoi, Vietnã

1. Compre um chip de celular local

Para se deslocar pela cidade, chamar taxis ou usar aplicativos de transporte, é fundamental ter acesso à internet móvel.

  • Esta é uma das dicas que não se aplica somente a Hanoi, mas a diversas cidades mundo afora. Mas, Hanoi não tem um bom sistema de transporte público e a cidade tem muitas ruas e vielas que podem fazer o turista se perder, de modo que é bem provável que você tenha que utilizar o Google Maps, taxis e outros aplicativos de transporte. Para isso, ter internet no celular é essencial.

2. Um tour com locais

Mausoléu de Ho Chi Minh, Hanoi
Mausoléu de Ho Chi Minh, Hanoi

Quando visitamos Hanoi, contactamos os guias do Hanoi Free Tour Guides, uma organização de estudantes sem fins lucrativos que tem por objetivo a promoção do Vietnã e o intercâmbio cultural.

Nossos guias chegaram ao hotel pontualmente no horário combinado. Tudo foi arranjado por e-mail e escolhemos o roteiro com os pontos turísticos que mais nos interessavam, levando em consideração que alguns locais estavam fechados naquele dia.

Nossos guias eram 2 simpáticos estudantes universitários, Phuong e Dung, que aproveitam seus dias de folga na faculdade para mostrar a cidade aos visitantes estrangeiros. Além de conhecer importantes pontos turísticos, conseguimos apreciar uma deliciosa comida típica vietnamita. Para mim, a experiência foi sensacional!

 

Almoço no Restaurante Cha Cá Thang Long, Hanoi
Almoço no Restaurante Cha Cá Thang Long

Eles não cobram nada por essa atividade (é claro que pagamos almoço, lanches, entradas deles nas atrações e ainda demos uma gorjeta), mas recebem em troca a oportunidade de conhecer novas culturas e aprimorar o inglês. Foi bom para ambas as partes!

3. Onde fazer câmbio?

Aeroporto de Hanoi, Vietnã
Uma das principais dicas é fazer câmbio no Aeroporto de Hanoi (HAN)

Uma das principais dicas em Hanoi é evitar fazer câmbio em joalherias ou hotéis. Prefira os bancos!

Incrivelmente, achei mais vantajoso trocar dinheiro no Aeroporto de Hanoi  que na cidade. À época, a cotação era de aproximadamente 1 USD para 22.420 VND (dólares do Vietnã).

Cuidado ao pagar em moedas estrangeiras nas lojas, pois as taxas de câmbio utilizadas na conversão podem ser bem desvantajosas.

4. As calçadas de Hanoi

Pessoas almoçando nas calçadas, Hanoi, Vietnã
Pessoas almoçando nas calçadas

Em Hanoi, por vezes, somos obrigados a caminhar pela rua pois a calçada está ocupada com motocicletas estacionadas, produtos de lojas e pessoas sentadas em banquinhos ou fazendo a sua refeição.

5. Cuidado com os taxistas!

Cuidado com os taxistas de Hanoi. Os taxis são equipados com trancas gerais (central locking) e podem trancar os passageiros e extorqui-los. Às vezes, como ocorre por aqui também, eles podem tomar caminhos muito mais longos.

Portanto, utilize somente companhias de taxi confiáveis.  As recomendações do hotel são:

  • Hanoi Taxi: +84 4 38535353
  • Taxi CP: +84 4 38262626
  • Mai Linh Taxi : +84 4 38222666

Em Hanoi, você também pode usar o GrabCar, um aplicativo de transporte semelhante ao Uber. Em 2018, o Uber vendeu as suas operações no sudeste asiático para o Grab.

6. Atravessando a rua

Cuidado ao atravessar a rua. Siga devagar e num passo constante, movendo-se sempre para a frente, sem correr. Os motociclistas irão desviar de você.

No início, você vai ficar com medo, mas, com o tempo, vai achar até divertido!

 

7. Agências de Turismo

Lago Hoan Kiem, Hanoi, Vietnã
Lago Hoan Kiem

Cuidado com agências de turismo da região do Old Quarter. Dentre os golpes típicos, cito o da foto falsa do destino. Além disso, os agentes podem te oferecer uma viagem “deluxe” na qual  não haverá nada de luxo!

Procure agências confiáveis, de preferência, as ligadas ao próprio hotel. Em caso de dúvida, consulte as avaliações sobre a agência no site Tripadvisor.

  • Fique atento: cuidado com as agências fake! Algumas podem usar o nome de outra agência conhecida. Conforme relatado pelo blog Azlocaltrip, foram encontradas pelo menos 7 agências com o nome “Sinh Tourist agency” espalhadas por Hanoi. Nenhuma verdadeira! Para não cair no golpe, basta verificar o endereço da agência sobre a qual você pesquisou na Internet.

8. Vendedores de Rua

Afaste-se dos vendedores de rua. Evite tirar fotos com eles ou com os chapéus típicos vietnamitas. Eles podem te perseguir insistentemente cobrando gorjetas.

9. Produtos falsificados

Você vai perceber que muitos dos produtos comercializados nas barracas e lojas são fake, ainda que a falsificação seja quase perfeita. São bolsas, mochilas e roupas dentre outros artigos.

Sinceramente, não recomendo comprá-los! Ainda que você ache vantajoso adquirir uma “bolsa de grife” por um preço bem mais em conta, não se esqueça que poderá ter problemas legais (multas, prisão ou confisco do bem) nos países por onde passar.

Se a alfândega brasileira te pegar com artigos falsificados, a penalidade é o perdimento do bem, ou seja, não há qualquer chance de você pagar imposto para reaver o bem, que, no final das contas, será destruído pela Receita Federal do Brasil. Isso sem falar no possível processo criminal pois o fato é comunicado às autoridades policiais competentes.

10. Visto para o Vietnã

Brasileiros precisam de visto para visitar o Vietnã. Os vistos podem ser de uma ou duas entradas. Selecione o tipo de visto necessário para o seu roteiro de viagem. Se for sair e entrar novamente no Vietnã, opte pelo visto de 2 entradas.

Há vários sites na internet que oferecem visto para o Vietnã. Alguns podem ser meros caça-níqueis.

A dica é verificar junto à Embaixada do Vietnã em Brasília quais os sites confiáveis para você solicitar o visto eletrônico. No meu caso, obtive o visto diretamente junto à Embaixada.

Seguem os contatos da Embaixada:

Tel: (61) 3364-5876
e-mails: embavina@yahoo.com e embavina@uol.com.br
Endereço: SHIS QI 9, Conjunto 10, Casa 1 – Lago Sul

Uncle Ho's fishpond - nas proximidades da antiga casa de Ho Chi Minh
Uncle Ho’s fishpond – nas proximidades da antiga casa de Ho Chi Minh

Resumindo…

Seguindo essas dicas simples, você torna sua viagem a Hanoi tranquila e agradável.  Espero que sejam úteis! Desde já, esclareço que não tive nenhum problema na minha viagem à Hanoi, mas “cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém”.

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Escreva seu Comentário

Pin It