Ilha do Mosqueiro: praias de rio próximas a Belém

A Ilha do Mosqueiro é um distrito de Belém localizado a 80 km do centro da cidade (distância de carro). Mosqueiro tem belíssimas praias de rio e costuma ficar lotada nos períodos de férias. Trata-se de uma ilha fluvial com incríveis 212 km² de área e 17 km de praias de água doce com movimento de maré.

Como chegar?

A melhor opção para chegar à Ilha é alugar um carro. Para chegar lá, você pega a BR-010/BR-316, cruza a cidade de Ananindeua/PA e Marituba/PA e depois pega a rodovia PA-391. O trajeto dura 1h30 minutos.

  • Fique atento: o trecho de Ananindeua é muito congestionado, mesmo aos domingos.

Há ônibus que ligam Belém ao Mosqueiro, mas você deve gastar 2h ou 2h30 no trajeto.

No nosso caso, preferimos contratar os serviços de um motorista indicado pelo hotel onde ficamos.

  • É o Rodrigo Quaresma. Muito simpático e atencioso. Adora contar estórias de Belém e mostrar os  diferentes atrativos da cidade para os turistas. Sempre que queríamos ver algo diferente do trajeto original, ele fazia uma parada para nos mostrar. O seu carro é um Fox (cabem 3 ou 4 pessoas). Seus pais moram na Ilha do Combu, onde mantém um Restaurante chamado “Maloca do Pedro”. Contatos: Whatsapp: (91) 99232-9944

Portal do Mosqueiro

Portal do Mosqueiro, Belém
Portal do Mosqueiro (créditos: Spwb – Creative Commons)

Chegando ao nosso destino, encontramos o Portal do Mosqueiro, um portal de entrada do distrito na PA-391.

Praias

A Ilha do Mosqueiro contém 17 km de praias. A maior parte delas com belas paisagens e infraestrutura, como quiosques de praia.

Restaurante Nika, Praia do Paraíso
Restaurante Nika, Praia do Paraíso

Nossa primeira parada foi na Praia do Paraíso, no Restaurante Nika. Segundo alguns amigos paraenses, esta é a melhor opção naquela região. A praia fica em frente e é bem gostosa para banho.

Praia do Paraíso, Ilha do Mosqueiro, Belém
Praia do Paraíso

Após comer alguns petiscos, passamos a percorrer as demais praias do Mosqueiro. Uma mais agradável que a outra.

Praia na Ilha do Mosqueiro, Belém
Praia no Mosqueiro

Passamos por Marahú, São Francisco, Murubira, Chapéu Virado, entre outras…

Praia na Ilha de Mosqueiro, Belém
Praia na Ilha de Mosqueiro

Sorveteria Cairu

Aproveitamos para fazer uma pequena parada na Sorveteria Cairu, nas proximidades da Praia Porto Artur. Como falei no post sobre a região central, a Cairu é a melhor sorveteria de Belém.

Praia Porto Arthur, Ilha do Mosqueiro, Belém
Praia Porto Arthur

Hotel Farol

Hotel Farol, Ilha do Mosqueiro
Hotel Farol

E, por fim, uma visita ao Hotel Farol. O hotel originou-se de uma casa de veraneio do bacharel Zacharias Mártyres, onde o mesmo recebia aos fins de semana, seus amigos “forenses” na década de 1930.

Hotel Farol, Ilha do Mosqueiro
Hotel Farol

O hotel tem uma agradável vista da praia. É uma excelente opção para quem quer se hospedar na Ilha de Mosqueiro.

Praia no Hotel Farol, Ilha do Mosqueiro, Belém
Praia no Hotel Farol

Vila do Mosqueiro

Vila do Mosqueiro, Ilha do Mosqueiro, Belém
Vila do Mosqueiro

E, em seguida, paramos na Vila de Mosqueiro, uma área urbanizada da Ilha. Paramos na Praça Cipriano Santos, onde fica a Igreja Matriz Nossa Senhora do Ó.  Na praça, havia também diversas barracas e um coreto.

Igreja Matriz Nossa Senhora do Ó, Ilha do Mosqueiro
Igreja Matriz Nossa Senhora do Ó

Retornamos, então, para Belém.

Resumindo…

Praia na Ilha do Mosqueiro, Belém
Praia na Ilha do Mosqueiro

Espero que tenham gostado da Ilha do Mosqueiro, um belíssimo refúgio para quem vive em Belém e também para seus turistas.

Emerson Cesar

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sobre o Blog


Turistando por mais de 60 países, já dobrei o Cabo da Boa Esperança, cheguei ao Fim do Mundo e alcancei o Topo da Europa. Enfrentei as Dez Cortes do Inferno e cheguei ao céu em um Balão. Ainda tenho muitos lugares a desvendar, culturas a conhecer e comidas a experimentar. Viaje comigo nos relatos!

Web Stories

Press ESC to close

Enviando dinheiro para a Argentina via Western Union Buenos Aires: comendo bem e barato