Jericoacoara: vale a pena fazer o passeio do lado leste?

Jericoacoara, uma antiga vila de pescadores, localizada a 300 Km de Fortaleza, possui uma extensa praia rodeada por dunas branquinhas e um dos mais incríveis por do sol que já vi!

Reduto de amantes do windsurf e kitesurf, a pequena vila também encanta brasileiros e estrangeiros pela sua simplicidade, suas ruas de areias porém com algumas excelentes opções de hotéis de luxo e boa gastronomia.

Para quem vai passar mais tempo no vilarejo, são oferecidos alguns passeios, sendo o mais famoso deles, o tour para o lado leste.

Neste artigo, contamos como foi a nossa experiência e analisamos se vale a pena ou não incluir o tour do lado leste em seu roteiro.


Sobre Jericoacoara, leia também:


Passeio lado leste de Jericoacoara

Mapa do Passeio Leste de Jericoacoara
Mapa do Passeio Leste de Jericoacoara

Existem 2 opções para se fazer o passeio leste em Jericoacoara: o tour privativo ou o compartilhado. O tour compartilhado geralmente é feito em caminhonetes com a parte traseira adaptada, as jardineiras, comportando até 12 pessoas. O preço é varia de R$ 75 a 80 por pessoa (ref. Junho/22).

O tour privativo é feito em bugre, comportando até 3 pessoas, e custa de R$ 350 a 450 (o bugre). Também é possível fazer o passeio de picape, mas não é muito comum.

Bugre do Sergião, Jericoacoara
Bugre do Sergião, Jericoacoara

Deixamos aqui o contato do nosso bugueiro, o Sergião – telefone (88) 98159-9063 (whatsapp). Ele é um chileno radicado no Brasil. Foi bastante pontual e cuidadoso na direção, o que, para nós, são pontos importantíssimos.

Ambas as modalidades citadas fazem o mesmo trajeto. A vantagem do tour privativo é a flexibilidade: você pode escolher o tempo que deseja ficar em cada atração. A desvantagem é o preço.

Veja abaixo como foi o nosso roteiro.

1. Árvore da preguiça

Árvore da Preguiça, Jericoacoara
Árvore da Preguiça, Jericoacoara

A árvore da preguiça tornou-se um dos cartões postais de Jeri, juntamente com a Pedra Furada. Eu, particularmente, acho que as dunas, as lagoas ou o belíssimo pôr do sol de Jeri são muito mais emblemáticos!

Conhecida popularmente como Mangue-de-Botão, de preguiçosa essa a arvore não tem nada! Cresceu bravamente, resistindo aos fortes ventos e seca da região, mas, nessa batalha, seus galhos ficaram horizontalizados, quase deitados no chão, o que a fez ganhar o apelido carinhoso de árvore da preguiça. Nas épocas de chuva, formam-se algumas lagoas superficiais, o que explicaria as raízes serem aparentes (mas não sei se é verdade!).

Durante a alta temporada, formam-se filas bem grandes de turistas para tirar foto, havendo relatos de pessoas que ficam mais de 30 minutos aguardando.

Se houvesse muita gente na fila, eu teria passado direto, mas, se você é do tipo que adora um cartão postal, combine com seu bugueiro de iniciar o passeio às 8h30 e terá mais chances de pegar o local vazio (a maioria das pessoas agenda a saída para as 9h).

Caso não vá fazer o tour para o lado leste, a árvore encontra-se a 6 km da vila de  Jericoacoara. Pode ser um belo incentivo para uma caminhada!

2. Vilarejo Preá

Praia do Preá, Jericoacoara
Praia do Preá, Jericoacoara

A praia do Preá é a meca dos praticantes de kitesurf. A maior escola dessa modalidade do Brasil encontra-se nesse vilarejo que fica ao lado de Jericoacoara. Percebemos várias construções de hotéis e restaurantes no local, o que, em breve, deverá tornar a praia de Preá bem badalada.

A praia é bastante ampla (uma das maiores em extensão de areia do Ceará), com água clara e quentinha. O problema, para o turista comum, é o vento forte, que pode ser desagradável pelo tanto de areia voando, mas, em contrapartida, é o ponto alto para os praticantes de esportes aquáticos.

Para quem está fazendo o passeio de bugre, é apenas mais uma parada para fotos, que inclui a praia e o  famoso letreiro no barquinho. Aqui não encontramos fila!

3. Lagun Beach Club

Lagun Beach Club, Ceará
Lagun Beach Club, Ceará

O Lagun Beach Club é um parque aquático, inaugurado há 2 anos, localizado no Município de Cruz (uns 15 km de Jeri).

Todas as atrações no parque, tais como, morros, lago e cachoeiras são artificiais. Embora a infraestrutura seja boa, com bastante mesinhas e lugares instagramáveis, senti falta da integração com a natureza.

O lago é realmente bem azul e a água é quentinha. É permitido o banho apenas nas partes laterais, onde a profundidade é de 1,80m. O centro, com 6 metros de profundidade, é exclusivo para a descida da tirolesa. No canto do lago tem uma cachoeira, também artificial. A tirolesa está inclusa no valor do ingresso, porém, geralmente, tem muita fila, o que me desencorajou de participar da aventura.

Há uma segunda piscina, para crianças, com águas bem clarinhas também, um barco e algumas redes para descansar.

Existem 2 restaurantes para quem deseja passar mais tempo no local. Para ter uma ideia dos preços, coloco aqui alguns exemplos (ref. Junho/2022):

  • Porção de batatas fritas ou macaxeira:  R$ 24;
  • Prato individual de file mignon: R$ 72;
  • Filé de robalo: R$ 65;
  • Risoto de limão: R$ 45;
  • Caipirinha: R$ 18 e
  • Cervejas long neck: R$ 12, sendo a Heineken R$15.

Não posso falar sobre a qualidade da comida, pois não provamos nada.

Eu não achei que valeu a pena a parada nesse Beach Club. Achei tudo muito artificial e um pouco lotado.

O ingresso ao Lagun Beach Club custa R$ 20 por pessoa.

4. Buraco Azul Caiçara

Buraco Azul Caiçara, Cruz, Ceará
Buraco Azul Caiçara

O Buraco Azul Caiçara é uma lagoa natural, situado no vilarejo de Caiçara, município de Cruz/CE. Em 2018, iniciou-se uma escavação no local para fornecer barro e areia para a construção de uma estrada que ligaria a Lagoa do Monteiro à Praia do Preá, porém, com as fortes chuvas que atingiram a região em 2019, formou-se a lagoa.

O local tornou-se conhecido através de algumas publicações feitas nas redes sociais do ator Bruno Gagliasso.

A sua cor incrível, um azul turquesa, é devida ao solo rico em calcário que, ao refletir a luz do sol, dá essa cor magnifica ao lugar.

Ao longo do tempo o lugar vem se aprimorando, ganhando uma excelente infraestrutura. São muitos os pontos para tirar fotos incríveis com a lagoa ao fundo. Existem várias redes espalhadas pelo ambiente. Tudo realmente muito bonito!

Para aproveitar a lagoa, você pode entrar nas águas quentinhas por uma escada na beirada, onde é bem rasinho, ou arriscar um salto em um local definido onde a profundidade chega a 7m.

O local possui banheiros e restaurantes. Caso deseje passar o dia, trago alguns preços (ref. Junho/2022):

  • Porção de batatas fritas ou macaxeira: R$ 30;
  • Filet mignon individual: R$ 70;
  • Filet de peixe grelhado: R$ 58;
  • Espaguete com camarão R$ 60;
  • Cerveja long neck: R$ 13 (Heineken R$ 14) e
  • Caipirinhas: R$ 18.

Achei o local bem bonito e organizado. A água azul turquesa realmente convida para um banho. Acho que seria interessante passar um período do dia por lá, não apenas 30 min; porém, vá cedo pois enche muito rápido.

O ingresso custa R$ 20 por pessoa.

Ah, não se confunda! Existe também o Buraco Azul do Castelhano, que fica no município de Acarau/CE. Essa atração, geralmente, é incluída no tour que vai até Barrinha. Infelizmente, não o visitamos.

5. Lagoa Azul

Lagoa Azul, Ceará
Lagoa Azul, Ceará

A Lagoa Azul é a porção leste da imensa Lagoa de Jijoca. Nesse trecho, após uma travessia de barco (R$ 25 por pessoa, ida e volta), encontra-se o Restaurante e Pousada Lagoa Azul, um estabelecimento com excelente infraestrutura: parque aquático com 5 piscinas, bar molhado, toboágua para adultos e crianças, pousada e restaurante. Isso tudo além das instalações mais rústicas às margens da lagoa: a Barraca da Lagoa Azul.

Confesso que a Lagoa Azul me frustrou um pouquinho. Não a achei tão encantadora. Optamos por ir direto à Lagoa do Paraíso. Afinal, ficar fazendo várias paradas durante o tour fica muito cansativo e você não aproveita nada direito.

Talvez esse lugar seja interessante para se passar o dia. Existe a possibilidade de contratar um serviço de day use que custa R$ 70 (incluindo o transfer que sai do centro de Jeri). Com esse ingresso, você tem acesso ao parque aquático e também à toda infraestrutura na beira da lagoa.

A vantagem de ficar na Lagoa Azul é que ela é menos movimentada que a vizinha Lagoa do Paraiso.

6. Lagoa do Coração

Lagoa do Coração
“Lagoa do Coração”: não costuma fazer parte dos tours de Jericoacoara

Geralmente os tours não param na “Lagoa do Coração”, uma pequena lagoa no caminho para a Lagoa do Paraíso.

O bugueiro, percebendo o nosso interesse pelas belezas naturais da região, nos levou até lá. Após uma pequena caminhada pelas dunas, avistamos a bela lagoa em formato de coração.

Sua água límpida e quentinha, foi um convite ao mergulho! Vale a pena uma parada rápida. Pena que ela já estava secando e já não tinha mais um formato de coração tão definido.

7. Lagoa do Paraíso

Lagoa do Paraíso, Entrada da Barraca Nova Esperança, Ceará
Lagoa do Paraíso: entrada da Barraca Nova Esperança

A Lagoa do Paraíso é a porção oeste da Lagoa de Jijoca e o ponto alto do nosso passeio.

As mesas e as redes nas águas cristalinas da lagoa chamam a atenção de todos os turistas. Entretanto, é importante ressaltar que a água é transparente apenas nas bordas da lagoa. No centro, ela é bem escura.

Nos períodos de chuva, a água fica um pouco mais turva também. Dizem também, que nos meses de setembro a dezembro, como venta muito, é quase impossível ficar nas redes mais do que alguns minutos, necessário apenas para tirar as famosas fotos! Em junho, achei uma delícia!

A lagoa é imensa e, para aproveitá-la, muitas pessoas acham que existe apenas o Alchymist Beach Club. Na verdade, essa é a “barraca” mais famosa e com a melhor estrutura, entretanto, também é a mais cara e a mais lotada.

Barraca Nova Esperança, Lagoa do Paraíso, Ceará
Barraca Nova Esperança, Lagoa do Paraíso, Ceará

Atualmente, cobra-se uma entrada de R$ 30 que dá direito a usufruir as mesinhas e as redes. Caso queira uma espreguiçadeira, o valor é R$ 50. Há também uma área vip com gazebos super charmosos, mas não perguntei o preço. Todos esses valores não são convertidos em consumação.

Quem por lá esteve disse que a comida é bem mais cara que nos outros lugares, mas, não há discussão quanto à beleza do local e a possibilidade de tirar fotos incríveis.

Redes na Lagoa do Paraíso, Ceará
Redes na Lagoa do Paraíso – Barraca Nova Esperança

Nós optamos por ficar na Barraca Nova Esperança, indicada por nosso guia. O lugar é bem rústico e a estrutura já esta um pouco desgastada, porém, também possui as famosas redes na beira da lagoa e mesinhas dentro da água, com direito a espreguiçadeiras.

Almoçamos um frango a parmegiana que estava bem gostoso (não lembro o valor). A caipirinha saia por R$ 18.

Lemos alguns relatos de que a barraca Paraiso Natural está com uma estrutura muito boa. Talvez valha a pena conferir!

8. Lagoa do Amâncio

Lagoa do Amâncio, Jericoacoara, Ceará
Lagoa do Amâncio

A Lagoa do Amâncio é uma lagoa interdunar situada no Parque Nacional de Jericoacoara, não muito distante da Lagoa do Paraíso.

“As lagoas interdunares são lagoas temporárias de águas doces em tons azuis e esverdeados que se formam na estação chuvosa entre as dunas barcanas compondo uma belíssima paisagem”.

Definitivamente, foi a parada mais incrível de todo o passeio. As dunas branquinhas emolduravam uma deliciosa lagoa de águas claras e quentinhas, que convidavam a um mergulho. Além disso, era possível subir as dunas e encontrar outras lagoas para chamar de suas.

O cenário todo lembra muito Lençóis Maranhenses e eu sou apaixonada por lá. Para mim é o lugar mais bonito do Brasil e um dos mais bonitos da Améria do Sul. Aproveite e veja quais são os 10 destinos mais bonitos da América do Sul, aqui.

Atrás da Lagoa do Amâncio, Ceará
Belíssima lagoa interdunar atrás da Lagoa do Amâncio

Não deixe de reservar um tempo para aproveitar esse lugar magnífico. Só não digo para passar o dia lá, pois não tem nenhuma infraestrutura.

Conclusão

Achei o passeio lado leste de Jericoacoara bastante cansativo. São vários pontos de parada que você paga para entrar e não tem tempo para apreciar.

Na minha opinião, vale mais a pena contratar o serviço de taxi, privado ou  compartilhado, para deixá-lo no ponto que você escolhe. Assim, você realmente curte o lugar.

Na rua principal de Jeri, você pode contratar esses taxis a partir de R$ 60 (ida e volta) para a Lagoa do Paraíso. Para a Lagoa Azul, você pode contratar o translado e o day use por R$ 70, no próprio site da Pousada e Restaurante Lagoa Azul.

Boa viagem!

Luciana Mardegan

Médica, 42, apaixonada por pessoas, sabores e novas culturas.

Comments (2)

  • Lucianisays:

    31/08/2022 at 8:15

    Vale muito a pena ir para vila de jericoacoara, tudo muito lindo. Passeios de bugue tanto lado leste quanto lado oeste, são incríveis. Pessoas maravilhosas. Parabéns Ceará. Amei os dias que passei aí.

    • Luciana Mardegansays:

      01/09/2022 at 20:46

      Que legal você ter aproveitado, Luciani! Sabe que já estou com saudades da vila de Jeri tb?? Depois, se tiver alguma outra dica, deixe aqui para ajudar outros viajantes!!! Bjo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sobre o Blog


Turistando por mais de 60 países, já dobrei o Cabo da Boa Esperança, cheguei ao Fim do Mundo e alcancei o Topo da Europa. Enfrentei as Dez Cortes do Inferno e cheguei ao céu em um Balão. Ainda tenho muitos lugares a desvendar, culturas a conhecer e comidas a experimentar. Viaje comigo nos relatos!

Web Stories

Press ESC to close

Enviando dinheiro para a Argentina via Western Union Buenos Aires: comendo bem e barato