Dubai é a cidade mais populosa dos Emirados Árabes Unidos. É um emirado que, apesar das condições naturais desfavoráveis, em pouco tempo, pela riqueza do petróleo, deixou de ser uma vila de comerciantes árabes e transformou-se numa moderna metrópole com invejável infraestrutura.

Para alguns, Dubai é uma cidade artificial. Para outros, evidencia a incrível capacidade do ser humano em transformar um deserto, um local inóspito, numa bela e moderna cidade.

Na primeira vez que fui a Dubai, em 2012, pensei que já havia explorado tudo o que a cidade tinha de bom e que nunca mais voltaria a visita-la. Ledo engano. Dubai é uma cidade muito dinâmica, sempre há uma atração nova.

Dubai é o hub da Emirates, uma das melhores companhias aéreas do mundo. A propósito, foi classificada como a melhor do mundo no ranking da Skytrax em 2013 e 2016. Se estiver viajando de Emirates, fazer um stopover na cidade, na ida ou na volta, é uma ótima opção.


Leia também:


Minha recomendação é passar 3 ou 4 dias livres em Dubai. Dessa forma, preparamos uma sugestão de roteiro para você aproveitar Dubai e arredores ao máximo e sem gastar muito.  Confira a seguir!

Para a maioria das atrações de Dubai, você não precisa contratar tours organizados. Você pode ir por conta própria usando o metrô, uber ou taxi. Avisaremos quando for necessário contratar um tour.

Dia 1. Centro de Dubai e Downtown Dubai

Old Souk, Deira, Dubai, Emirados Árabes Unidos
Old Souk, Deira

Deira

Comece o dia visitando Deira, o antigo centro de Dubai, onde algumas características da antiga cidade ainda estão preservadas.

Por lá, você vai visitar o Old Souk, um antigo mercado onde você pode comprar (ou só apreciar) ouro, tecidos, trajes típicos, calçados e souvenirs.

No Souk, apenas faça perguntas ao vendedor se você realmente estiver interessado em comprar o produto. Os vendedores costumam ser bem insistentes caso você manifeste qualquer interesse.

Após visitar o Old Souk, dirija-se ao Spice Souk, o mercado de temperos e especiarias. Vale passar um tempo por lá apreciando os diferentes aromas e sabores.

Burdubai

Estação de Barco no Dubai Creek, Emirados Árabes Unidos
Estação para cruzar o Dubai Creek

Cruze o Dubai Creek. É só pegar um barco para Burdubai no terminal de balsas “Deira Old Souq Station”.

Em Burdubai, recomendo visitar o Dubai Museum e caminhar pela orla do Dubai Creek.

Dubai Museum, Emirados Árabes Unidos
Dubai Museum

O Dubai Museum, localizado no legendário Forte Al Fahidi, é um museu dedicado a apresentar a vida tradicional em Dubai, antes da modernização do emirado, proporcionada pela exploração do petróleo.

“Os visitantes se familiarizarão com os diferentes ambientes da vida urbana e rural em Dubai, sejam eles vida marinha, costeira, deserto, montanha ou agrícola. Monumentos autênticos raros, amostras originais, desenhos e diagramas, mídia de áudio e vídeo estão espalhados por todas as alas do museu. O museu contém, ainda, uma na ala de monumentos, que exibe monumentos antigos, como cerâmica, armas, túmulos, edifícios e comunidades urbanas.” (fonte: Dubai Culture).

Se a fome bater, você pode procurar alguns dos restaurantes na região de Burdubai. Almoçamos no Local House Coffe Shop & Restaurant. O restaurante é razoável. Nos arredores, também há opções de restaurantes indiano, persa, paquistanês e até mesmo um pub inglês.

Dubai Frame

De lá, pegue um taxi ou uber para o Dubai Frame, que fica no Zabeel Park.

Dubai Frame, Emirados Árabes Unidos
Dubai Frame (créditos: Kamil Żywolewski)

Dubai Frame é a maior moldura do mundo, com 150 metros de altura. Você pode subir e percorrer uma passarela de 93 metros, de onde a vista é impressionante. Mas, apreciá-la de longe, junto ao cenário moderno de Dubai, também é recompensador.

Downtown Dubai

Metrô de Dubai, Emirados Árabes Unidos
Metrô de Dubai

Siga, por fim, para Downtown Dubai. Você pode usar o metrô ou ir de taxi e uber. Recomendo usar o metrô, pois esse meio de transporte em Dubai é uma atração em si. Belíssimo!

Há uma diferença entre o centro de Dubai e Downtown Dubai. Quando falamos em Dubai City Centre, estamos nos referindo à região de Deira. Por sua vez, Downtown Dubai é um complexo com vários edifícios e construções modernas localizadas em torno do Shopping Center Dubai Mall. É mais uma “marca” do que um centro propriamente dito.

Em Downtown Dubai, você realiza três atividades.

Dubai Mall, Dubai, Emirados Árabes Unidos
Dubai Mall

Em primeiro lugar, você conhece o Dubai Mall, considerado o maior shopping center do mundo. Se você ainda não almoçou, essa é a oportunidade. Lá, recomendo também visitar o Dubai Aquarium ou pelo menos, atravessar por um túnel sobre o gigante aquário, vendo os tubarões passando sobre a sua cabeça.

Burj Khalifa, Dubai, Emirados Árabes Unidos
Burj Khalifa: o prédio mais alto do mundo

A segunda atividade é visitar o Burj Khalifa, o maior edifício do mundo. Não se esqueça de fazer a reserva antecipada, pois, em determinados horários, pode não haver tickets disponíveis. Aproveite para apreciar o por do sol.

A terceira atividade é assistir ao show das águas, The Dubai Fountain Water Show, que pode ser assistido a partir das 18hs, entre o Dubai Mall e o Burj Khalifa. O show tem duração de 5 minutos. O espetáculo combina jatos de água, luzes e músicas. Os jatos de água de até 275 metros dançam de forma sincronizada com a música de fundo. É gratuito.

Agora, é hora de jantar, retornar para o hotel e descansar.

Dia 2. Passeio para Abu Dhabi

Abu Dhabi, vista do Sky Tower do Marina Mall, Emirados Árabes Unidos
Abu Dhabi, vista do Sky Tower do Marina Mall

Abu Dhabi é a capital e segunda cidade mais populosa nos Emirados Árabes Unidos. Distante 140 km de Downtown Dubai, leva-se aprox. 1h20min de carro para chegar lá.

O Aeroporto Internacional de Abu Dhabi (AUH) é o segundo maior dos Emirados Árabes Unidos, perdendo apenas para o de Dubai (DXB). É a sede e o hub da Etihad Airways, uma companhia aérea de excelência que até pouco tempo fazia voos diretos para o Brasil.

Abu Dhabi também é uma cidade moderna, de ruas largas e com atrações muito distantes entre si. É uma cidade mais elitizada que Dubai e constitui o emirado mais rico do país, tanto em termos de PIB, quanto de renda per capita.

Mesquita Sheikh Zayed, Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos
Mesquita Sheikh Zayed

Para o turista, Abu Dhabi oferece vários pontos de interesse, dentre os quais, destaco:

  • Grande Mesquita Sheikh Zayed: a mesquita é, na minha opinião, a mais impressionante construção dos Emirados Árabes Unidos. Escrevi um post a respeito, leia aqui.
  • Museu do Louvre de Abu Dhabi: um museu de arte e cultura, com 35 mil peças, inaugurado em 2017. Fruto de um acordo de cooperação entre o emirado e o governo da França, recebeu o mesmo nome do famoso museu de Paris.
  • Ferrari World Abu Dhabi: é o primeiro parque temático com a marca da Ferrari. As suas atrações são, na maioria, indoor. Alguns afirmam que é o maior parque indoor do mundo. Dentre as atrações, destaca-se a Formula Rossa, a montanha russa mais rápida do mundo capaz de chegar a 240 km/h.
  • Emirates Palace Hotel: é um hotel luxuoso de 5 estrelas que costuma ser visitado em razão dos seus traços arquitetônicos e pela beleza de suas instalações. Você não precisa se hospedar lá para visitar o andar térreo do edifício: pode simplesmente tomar um café por lá.
  • Presidential Palace: o Palácio Qasr Al Watan abriu as suas portas para visitação. A beleza e a grandiosidade das suas instalações impressionam qualquer visitante. Ao fim do dia há um show de luzes e projeções, acompanhados de uma trilha sonora.

Como você pode perceber, são muitas as atrações, sendo impossível visita-las todas num único passeio a partir de Dubai.

A minha recomendação é que você contrate um tour organizado que contemple, pelo menos, a Grande Mesquita e o Parque da Ferrari, alocando um tempo razoável para você aproveitar ou apreciar cada uma dessas atrações. Entretanto, não basta passar em frente e parar 5 minutos para você bater fotos!

Emirates Palace Hotel, Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos
Emirates Palace Hotel

Não recomendo visitar Abu Dhabi por conta própria, salvo se quiser se hospedar 1 ou 2 noites na cidade.

Fazer um day trip por conta própria pode ser inviável, pois, você levará em torno de 2 horas para se deslocar de ônibus de linha, tanto na ida, quanto na volta. Além disso, muitas atrações estão no caminho. É melhor, portanto, contratar um tour organizado.

Diferentemente de Dubai, Abu Dhabi ainda não dispõe de metrô, o que dificulta um pouco a vida de quem quer explorar a cidade por conta própria. A boa notícia é que, atualmente, o Uber está funcionando por lá.

O passeio pode ser um pouco cansativo, por isso, sugiro não agendar nada à noite em Dubai. De qualquer forma, o tour compensa!

Dia 3. Um passeio pelo Deserto

Passeio pelo Deserto em Dubai, Emirados Árabes Unidos
Passeio pelo Deserto em Dubai

Compras nos Shoppings Centers

Na parte da manhã em Dubai, recomendo fazer compras e visitar o Mall of the Emirates ou o Dubai Mall, onde você pode, inclusive, almoçar.

Tour pelo Deserto

À tarde, faça um tour organizado para o Deserto. Esses tours geralmente englobam:

  • passeio pelas dunas do deserto com veículo 4×4
  • passeio em camelo e apresentação da arte da falcoaria
  • visita a um campo do deserto onde você irá jantar e apreciar dança do ventre e outras danças do mundo árabe.
Acampamento no Deserto em Dubai, Emirados Árabes Unidos
Acampamento no Deserto em Dubai

É provável que você retorne a Dubai tarde da noite. Neste caso, a melhor opção é descansar para o dia seguinte.

Dia 4. Jumeirah e Global Village

Jumeirah Public Beach

No início do dia, recomendo visitar uma das praias públicas de Dubai: a Jumeirah Public Beach. Em Dubai, muitas das praias são privadas e apenas os hóspedes dos hotéis, os mais caros da cidade, podem utilizá-las.

Vista do Burj al Arab, Dubai, Emirados Árabes Unidos
Vista do Burj al Arab, na Jumeirah Public Beach

Nesta praia, não deixe de tirar uma foto com o icônico Burj al Arab, o hotel com formato de vela, de 7 estrelas, que é um dos principais cartões-postais de Dubai.

A minha recomendação é só conhecer a praia. As praias de Dubai não se comparam às do Brasil ou as de Portugal. Portanto, não sugiro se banhar por lá. Aproveite seu tempo para visitar outras atrações.

Souk Madinat Jumeirah

De lá, pegue um taxi ou uber até ao Souk Madinat Jumeirah. Não é longe, mas, pode levar em torno de 20 minutos a pé.

Souk Madinat Jumeirah, Dubai, Emirados Árabes Unidos
Souk Madinat Jumeirah (créditos: Donaldytong [CC BY-SA 3.0])

O Souk é uma recriação de um mercado típico do oriente médio, mas com lojas de grife, lojas de souvenir, joalherias, restaurantes, cafés e sorveterias. Está localizado dentro de um complexo de Resorts Jumeirah.

No local, você pode passear de barco, sentindo-se em Veneza, e ter a vista do Burj al Arab. Se for comprar alguma coisa, não deixe de pechinchar e de pesquisar. A vantagem do local é que ninguém fica insistindo para você comprar como no Old Souk.

Atlantis The Palm

Peque um taxi ou uber até a estação de Monotrilho. O Palm Monorail é o meio de transporte que liga o continente à ilha artificial The Palm Jumeirah, aquela em formato de palmeira.

Pegue o Monorail até o Atlantis The Palm. No caminho, você aprecia as casas dos multimilionários construídas em cada uma das palmas. A propósito, cada casa tem a sua praia particular.

Vista a partir do Palm Monorail, Dubai, Emirados Árabes Unidos
Vista a partir do Palm Monorail, Dubai

O Atlantis The Palm é uma construção magnífica (foto em destaque). É o primeiro resort construído numa ilha artificial e tem o tema da legendária Atlântida.

Chegando ao Atlantis, você poderá visitar o aquário ou almoçar em um dos restaurantes locais.

Depois de visita-lo, pegue o Monorail de volta à estação Palm Gateway.  Que tal voltar para o hotel e descansar um pouco?

Dubai Miracle Garden

Estando em Dubai entre novembro e maio, você pode visitar também o Dubai Miracle Garden, um jardim de flores no meio do deserto. Basta pegar um taxi ou uber até lá.

A Lulu Freitas, do blog Let’s fly away, conta como foi a experiência de visitar esse belíssimo jardim. Leia aqui!

Global Village Dubai

Global Village Dubai, Emirados Árabes Unidos
Global Village Dubai

À noite, visite o Global Village Dubai, um imenso complexo com exposições de mais de 90 países. Trata-se, em verdade, de um evento que combina entretenimento, culinária, cultura e compras. Cada país pode ser representado por um pavilhão com as características locais. Por exemplo, o pavilhão do Egito tem o formato de uma pirâmide.

As exposições são sazonais e vão, geralmente, de outubro a abril. O evento se renova a cada ano e atrai cada vez mais visitantes.

Como o local fica afastado dos principais pontos turísticos de Dubai e do metrô, recomendo usar um taxi ou uber para ir e voltar. Em regra, o evento começa às 16hs e vai até 1hr da madrugada.

Resumindo

Dubai é um destino turístico impressionante. É um importante hub aéreo onde você pode fazer um stopover em suas viagens para Ásia ou Oriente Médio. Trata-se de uma cidade moderna e dinâmica, sempre se renovando para atrair os turistas.

Quatro dias são suficientes para explorar os principais pontos de interesse de Dubai e arredores. A maior parte das atrações você pode conhecer por conta própria, utilizando uber, taxi ou o belo metrô da cidade.

Mapa dos pontos de interesse em Dubai

No mapa a seguir, os pontos de interesse marcados em azul referem-se ao dia 1; os marcados em vermelho ao dia 2; o marcado em amarelo ao dia 3; e o marcado em verde ao dia 4. Use o sinal + ou –  para ampliar ou reduzir o mapa!

 

Médica, 42, apaixonada por pessoas, sabores e novas culturas.

Escreva seu Comentário

Pin It