O sítio Pamukkale – Hierápolis é considerado Patrimônio Mundial pela Unesco. Pamukkale, em turco, significa “castelo de algodão”, e consiste num conjunto de piscinas termais de origem calcária que, com o passar dos séculos, formaram bacias gigantescas de água que descem em cascata numa colina (fonte: Wikipedia).

Pamukkale atrai mais de 2 milhões de visitantes ao ano e, singularmente considerada, é a atração turística mais visitada na Turquia.

Hierápolis: a cidade antiga ao lado de Pamukkale, Turquia
Hierápolis: cidade antiga ao lado de Pamukkale

No nosso segundo dia em Izmir, decidimos fazer um bate e volta para Pamukkale e contamos neste post como foi a nossa experiência.

Tour de Izmir para Pamukkale

Para visitar Pamukkale, não é viável fazer um “day trip” de trem a partir de Izmir, tal como fizemos para Selçuk. De fato, são aproximadamente 5 horas de trem até Denizli, que é a cidade mais próxima. De lá, você ainda deve seguir de carro por 40 a 50 minutos até o destino. Consulte o timetable dos trens na Turquia no site Seat61.

Outras opções para chegar a Pamukkale são:

1. Carro ou Ônibus

A Turquia é um país grande, então prepare-se para cobrir grandes distâncias para chegar a Pamukkale. Saindo de Istambul são 650 km, de Ankara 450km e de Antalya 220km. As estradas são boas e bem sinalizadas. Se estiver vindo de ônibus, terá que descer em Denizli e pegar uma van, cujo percurso dura 40 min, para a entrada da atração

2. Avião

Çardak é o aeroporto mais próximo, localizado a 70 km do centro de Denizli. Este aeroporto recebe apenas voos vindos de Istambul pelas companhias aéreas Pegasus e Turkish Airlines.

Saindo do aeroporto é necessário pegar um ônibus até a cidade de Denizli e depois uma van até Pamukkale.

3. Excursões de um dia (day trips)

Geralmente essa é opção mais escolhida pelos turistas. Se desejar fazer um day trip, a sugestão é contratar uma excursão que não pare em lojas de souvenir, pois a viagem em si já é bem cansativa.

  • Selçuk é uma boa base para explorar a região. Há diversas pensões, guesthouses, restaurantes e ruas agradáveis. Acho que vale mais à pena ficar em Selçuk do que em Izmir, tal como fizemos.

Contratamos um tour para Pamukkale com a Hermosa Tours Turkey, baseada em Kuṣadasi.

Contratamos o passeio no nosso hotel em Izmir. Foram 150 Euros por pessoa para visitar Pamukkale.

Nosso Roteiro

Um carro nos pegou às 7:30hs no hotel e nos levou até o ônibus da excursão que estava em Selçuk (o trajeto entre Izmir e Selçuk dura 1 hora). De Selçuk até Pamukkale, foram ainda outras 3 horas de estrada.

Dogan Onyx Store

Dogan Onyx Store, Pamukkale, Turquia
Dogan Onyx Store

Fizemos uma parada para visitar uma pequena fábrica de objetos e jóias feitos, principalmente, de Onyx (Dogan Onyx Store). Assistimos uma pequena apresentação sobre como as pedras são torneadas e conhecemos a famosa pedra do Sultão, que muda de cor conforme a luz (dizem que pode apresentar até 7 tonalidades diferentes).

Dogan Onyx Store, Pamukkale, Turquia
Dogan Onyx Store

Almoço no White Heaven Hotel

White Heaven Hotel, Pamukkale, Turquia
White Heaven Hotel

Paramos, em seguida, para almoçar no White Heaven Hotel.  A comida era servida em buffet, com pratos e doces típicos turcos. O restaurante fica a 5 minutos de carro do Parque de Pamukkale, que, a propósito, possui duas entradas.

Pamukkale – Hierápolis

Sítio Hierápolis - Pamukkale, Turquia
Sítio Hierápolis – Pamukkale

O sítio Pamukkale – Hierápolis compreende a cidade antiga de Hierápolis, um museu, as hot springs e uma piscina antiga (Antique Pool ou Piscina de Cleópatra). Como já havíamos visitado outras cidades antigas na Grécia e na Turquia, optamos por não dar muita atenção à Hierápolis.

Terraços em Pamukkale, Turquia
Terraços em Pamukkale

A paisagem das “hot springs” (Terraços) é muito bonita e diferente de tudo o que você já viu. Parece uma cachoeira congelada ou mesmo uma montanha coberta de neve. Impressionante! Infelizmente, o número de piscinas abertas ao público estão cada vez mais restritas, na tentativa de preservar essa maravilha natural da enorme quantidade de turistas. Além disso, são muito rasas. Não dá para fazer um mergulho!

  • Fique atento: pelas fotos temos a sensação de que o solo é agradável e até fofinho. Não se iluda! As formações calcárias são duras e possuem algumas ondulações que machucam os pés. Isso quando não escorregam e muito! E você só pode passear pelas piscinas descalço. Há uma grande quantidade de guardas munidos de apito que garantem que você siga essa regra.

A formação do Pamukkale deve-se aos locais térmicos quentes por baixo do monte que provocam o derrame de carbonato de cálcio, que depois solidifica como mármore travertino (fonte: wikipedia).

Hot springs em Pamukkale: as piscinas são rasas
Hot springs: as piscinas são rasas

No nosso passeio, tivemos apenas 1h30 min disponível para conhecermos o parque. Gasta-se muito mais tempo no trajeto que na atração propriamente dita. Em razão disso, é recomendável que você se hospede em Pamukkale pelo menos 1 dia. Assim, pode chegar cedo a Pamukkale, antes que a maioria dos turistas que vem de excursão cheguem.

  • Dica: Devido ao forte calor,  não esqueça de levar o chapéu e o protetor solar. Além disso, o solo branco reflete o sol o que torna imprescindível o uso de óculos de sol e caprichar no protetor solar, pois pode estar sujeito a queimaduras mais graves.
Hot Springs, Pamukkale, Turquia
Luciana nas Hot Springs, Pamukkale

Não tivemos a oportunidade de ver o por do sol por lá, mas dizem ser lindíssimo.

  • Outro ponto interessante no sítio de Pamukkale-Hierápolis é experimentar a água local, que, segundo nossa guia, tinha gosto de soda.

Antique Pool ou Piscina da Cleópatra

Antique Pool ou Piscina da Cleópatra, Pamukkale, Turquia
Antique Pool ou Piscina da Cleópatra

O local é uma grande piscina termal, com água a 35 C, cujo fundo fica sobre ruínas da cidade antiga. Você vai nadar sobre colunas de mármore tombadas e outros fragmentos. Cuidado com os pés!

Caso queira se banhar nesta piscina, é necessário pagar uma taxa extra de 32 TL. Não esqueça sua toalha! Mas, se não quiser, pode apenas aproveitar a infraestrutura local, sem pagar nada. No local, há sanitários, vestiários, lojinhas de souvenir, restaurantes e sombra!

Eu particularmente não achei que valia a pena, e, além disso, nosso tempo era curto no local.

Sítio Pamukkale - Hierápolis, Turquia
Sítio Pamukkale – Hierápolis

Partimos de volta em torno das 16:00hs e só chegamos no nosso hotel em Izmir às 21:30 hs, extremamente cansados. No retorno, a nossa van parou, ainda, em Kuṣadasi e em Selçuk, para só depois seguir para Izmir.

Resumindo

Vista geral de Pamukkale, Turquia
Vista a partir das hotsprings

O passeio de Izmir a Pamukkale num único dia foi muito cansativo. Não recomendo! Gastamos em torno de 4 horas para ir e 4 horas para voltar, deixando disponível apenas 1h e 30 minutos para explorar o parque.

Este é um dos motivos pelos quais talvez seja mais interessante se hospedar em Selçuk ou mesmo em Denizli. Em último caso, se ficar em Izmir, procure agências da própria cidade e que não façam paradas intermediárias.

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Escreva seu Comentário

Pin It